Intelectuais e resistências ao autoritarismo na América Latina

Autores

  • Carolina Amaral de Aguiar Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Fernando Camacho Padilla Universidad Autónoma de Madrid (UAM)

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.30.2021.3995

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARENDT, Hannah. Origens do totalitarismo: Antissemitismo, imperialismo, totalitarismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

BOHOSLAVSKY, Ernesto; BROQUETAS, Magdalena. “Las derechas en América Latina tras la salida de las últimas dictaduras”. Historia y problemas del siglo XX, ano 10, v. 11, jul./dez. 2019. Disponível em:

<https://ojs.fhce.edu.uy/index.php/cont/article/view/603>. Acesso em: 11 mai. 2021.

CAPELATO, Maria Helena Rolim. Multidões em cena: propaganda política no varguismo e no peronismo. São Paulo: Editora Unesp, 2009.

CRESPO, Victoria. “Legalidad y dictadura”. In: LIDA, Clara E.; CRESPO, Horacio; YANKELEVICH, Pablo (org.). Argentina, 1976: estudios en torno al golpe de Estado. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica: El Colegio de México, 2008.

FRANCO, Marina. Anticomunismo, subversión y pátria. Construcciones culturales e ideológicas en la Argentina de los 70. In: CALANDRA, Benedetta; FRANCO, Marina (Org.). La guerra fría cultural en América Latina. Buenos Aires: Biblos, 2012.

GOLDSTEIN, Ariel. “A ascensão da direita radical brasileira no contexto internacional”. In: BOHOSLAVSKY, Ernesto; MOTTA, Rodrigo Patto Sá; BOISARD, Stéphane (org.). Pensar as direitas na América Latina. São Paulo: Alameda, 2019.

LINZ, Juan J. Totalitarian and Authoritarian Regimes. Boulder; Londres: Lynne Rienner Publishers, 2000.

NAPOLITANO, Marcos. Coração civil: a vida cultural brasileira sob o regime militar (1964-1985) – ensaio historiográfico. São Paulo: Intermeios, 2017.

NEVES, Ozias Paese; LIEBEL, Vinícius. “Os regimes militares no Brasil e na América do Sul – Historiografia e Perspectivas”. Revista Eletrônica da Anphlac, n. 18, jan./jul. 2015. Disponível em: <https://revista.anphlac.org.br/anphlac/article/view/2277>. Acesso em: 11 mai. 2021.

O’DONNELL, Guillermo. Modernización y autoritarismo. Buenos Aires: Paidós, 1972.

RICUPERO, Bernardo. “Da estrutura à agência: momentos da interpretação de Guillermo O ́Donnell sobre o autoritarismo latino-americano”. Crítica e sociedade, v. 4, n. 2, 2014. Disponível em:

<http://www.seer.ufu.br/index.php/criticasociedade/article/view/26116>. Acesso em: 11 maio 2021.

ROLLEMBERG, Denise. Resistência. Memória da ocupação nazista na França e na Itália. São Paulo: Alameda, 2016.

SERRANO, Pedro Estevam Alves Pinto. Autoritarismo e golpes na América Latina. Breve ensaio sobre jurisdição e exceção. São Paulo: Alameda, 2016.

Downloads

Publicado

2021-07-19

Como Citar

Amaral de Aguiar, C., & Camacho Padilla, F. (2021). Intelectuais e resistências ao autoritarismo na América Latina. Revista Eletrônica Da ANPHLAC, 21(30), 1-15. https://doi.org/10.46752/anphlac.30.2021.3995